Noções de GNL:
introdução ao gás natural liquefeito

HISTÓRIA CHEIA DE ENERGIA

Conheça
o GNL

A aprendizagem sobre gás natural liquefeito (GNL) ocorre naturalmente com esta cartilha rápida sobre esta alternativa mais limpa, mais eficiente e mais acessível ao petróleo e ao carvão

Website - LNG 101 Visuals_910x840_PortugueseEU_Develop a Strong Chemistry with LNG

Desenvolvimento de uma
química sólida com GNL

O GNL consiste basicamente em metano e é actualmente fornecido por países como o Canadá, a China, a Noruega, a Rússia e os Estados Unidos.1  Depois da extracção do gás natural no seu estado gasoso a partir de formações rochosas abaixo da superfície terrestre, o gás é arrefecido até aproximadamente -162°Celsius, o que o altera para um estado líquido. O processo de arrefecimento também retira impurezas como água, dióxido de carbono (CO2), azoto, enxofre e outros hidrocarbonetos para não danificarem as instalações a jusante e/ou congelarem o gás em vez de o liquefazerem.

Facto Curioso: A produção comercial de GNL começou nos Estados Unidos em 1917.

Website - LNG 101 Visuals_910x840_PortugueseEU_Make Something Out of (Apparently) Nothing

Tirar algo do nada (aparentemente)

O GNL é talvez mais conhecido por traços que não tem: é inodoro, incolor, não inflamável, anticorrosivo e inócuo.

Facto Curioso: O GNL ocupa apenas cerca de 1/600 avos do espaço correspondente no seu estado gasoso.

Website - LNG 101 Visuals_910x840_PortugueseEU_Set Sail with LNG

Veleje com o GNL

Por ser muito mais denso do que a sua forma gasosa, o GNL ocupa muito menos volume. Isto facilita a armazenagem e o transporte de GNL de navios especificamente concebidos e refrigerados para utilizadores em portos de todo o mundo, onde pode ser regaseificado e distribuído através de gasodutos para manter o fluxo de energia. A Europa Ocidental, a América do Norte e o Norte da Ásia possuem actualmente as redes de gasodutos mais desenvolvidas para o GNL.1

Facto Curioso: O GNL já percorreu mais de 160 milhões de quilómetros desde que começou a ser transportado a granel por navios-tanque nos anos 60, ou seja, quase 4.000 vezes a circunferência do planeta!2  Actualmente, mais de 1.500 embarcações transportam GNL em todo o mundo.3

Website---LNG-101-Visuals_910x840_Clear-the-air_PortEU

Despoluição do ar

Em comparação com os combustíveis tradicionais, como o petróleo ou o carvão, a utilização de GNL emite menos óxido de azoto (NOx), menos CO2, quase nada de óxido de enxofre (SOx) ou partículas finas, e menos emissões no meio ambiente em geral.4 De facto, de acordo com as residências americanas que utilizam gás natural em vez de carvão, 1.900 toneladas de NOx, 3.900 toneladas de SOx e 5.200 toneladas de partículas por ano deixam de atingir o ar que respiramos.5

Facto Curioso: O gás natural gera 25% menos emissões de CO2 do que o gasóleo e apenas cerca de metade das emissões de CO2 do carvão antracito.6

Website - LNG 101 Visuals_910x840_Find LNG Here, There, and Everywhere!

Encontre o GNL aqui, ali
e por todo o lado!

As temperaturas em sua casa ou escritório são reguladas com um aquecedor ou ar condicionado? Fazes uso de uma máquina de lavar e de secar para lavar a roupa? Carregar o seu telemóvel? Estas são apenas algumas das inúmeras actividades que realizamos todos os dias que o gás natural pode tornar possíveis.

Facto Curioso: O GNL é muito mais leve do que a água em volume e evapora se for despejado em água, sem deixar resíduos nocivos!7