Básico do GNL:
introdução ao gás natural liquefeito

HISTÓRIAS COM ENERGIA POSITIVA

Conheça
o GNL

Aprender sobre gás natural liquefeito (GNL) vem naturalmente com este primeiro passo nesta alternativa mais limpa, mais eficiente e mais acessível ao petróleo e ao carvão.

Website - LNG 101 Visuals_910x840_PortugueseAngola_Develop a Strong Chemistry with LNG

Desenvolver uma química
forte com o GNL

O GNL é composto principalmente por metano e actualmente é proveniente de países como Canadá, China, Noruega, Rússia e Estados Unidos.1 Depois do gás natural ser extraído em seu estado gasoso de formações rochosas abaixo da superfície da Terra, ele é arrefecido a aproximadamente -260° Fahrenheit (-162° Celsius), o que o converte para um estado líquido. O processo de arrefecimento também remove impurezas como água, dióxido de carbono (CO2), nitrogénio, enxofre e outros hidrocarbonetos para que não danifiquem as instalações e/ou congelem o gás em vez de o liquefazerem.

Curiosidade: A produção comercial de GNL começou nos EUA em 1917.

Website - LNG 101 Visuals_910x840_PortugueseAngola_Make Something Out of (Apparently) Nothing

Fazer algo a partir
(aparentemente) do nada

O GNL é talvez mais conhecido pelos traços que não tem: é inodoro, incolor, não-inflamável, não-corrosivo e não tóxico.

Curiosidade: O GNL ocupa apenas cerca de 1/600 do espaço que ocuparia no seu estado gasoso.

Website - LNG 101 Visuals_910x840_PortugueseAngola_Set Sail with LNG

Navegue com GNL

Por ser muito mais denso do que a sua forma gasosa, o GNL ocupa muito menos volume. Isso facilita o armazenamento e transporte de GNL, por navios especialmente concebidos e refrigerados, para consumidores em portos de todo o mundo, onde pode depois ser regaseificado e distribuído através de gasodutos para manter o fluxo de energia. A Europa Ocidental, América do Norte e Norte da Ásia têm actualmente as redes de gasodutos mais desenvolvidas para GNL.1

Curiosidade: O GNL já percorreu mais de 100 milhões de milhas desde que começou a viajar em grandes quantidades por navios-tanque nos anos 60 - ou seja, quase 4.000 vezes ao redor da Terra!2 Hoje, mais de 1.500 navios transportam GNL em todo o mundo.3

Website---LNG-101-Visuals_910x840_Clear-the-air_PortAngola

Despoluir o ar

Em comparação com combustíveis tradicionais como petróleo ou carvão, o uso de GNL emite menos óxido de nitrogénio (NOx), menos CO2, quase nenhum óxido de enxofre (SOx) ou particulas finas e menos emissões gerais para o nosso meio ambiente.4 De facto, de acordo com o Departamento de Energia dos EUA, para cada 10.000 lares americanos que utilizam gás natural em vez de carvão, 1.900 toneladas de NOx, 3.900 toneladas de SOx e 5.200 toneladas de particulas finas por ano são impedidas de chegar ao ar que respiramos.5

Curiosidade: O gás natural produz 25% menos emissões de CO2 do que o gasóleo e apenas cerca de metade das emissões de CO2 do carvão antracite.6

Website - LNG 101 Visuals_910x840_Find LNG Here, There, and Everywhere!

Encontre o GNL aqui, ali
e em todo o lado!

Você regula a temperatura em sua casa ou no escritório com um aquecedor ou ar condicionado? Usa uma máquina de lavar e secar para lavar a sua roupa? Carrega o seu telefone? Estas são apenas algumas das inúmeras actividades que fazemos todos os dias que o gás natural pode tornar possível.

Curiosidade: O GNL é muito mais leve que a água em volume e vaporiza-se se for derramado na água, não deixando para trás nenhum resíduo prejudicial!7